Home / Investir Dinheiro / Para quem perguntar sobre onde investir? BRASIL

Para quem perguntar sobre onde investir? BRASIL

Sem sombra de dúvidas que é você a pessoa mais indicada para decidir onde investir seu dinheiro. Poderá seguir algumas indicações, dicas, exemplos e palpites, contudo é a si que compete escolher o que melhor lhe convém. Continue lendo o artigo e saiba o porquê.

Mas eu não sei nada sobre investimentos, preciso de alguém para me ajudar !

Tudo bem então, vamos entender o papel de cada profissional que você pode encontrar e assim você terá uma visão melhor do que esperar de cada um deles.

Gerente do Banco

O gerente é um funcionário do banco e está preparado para lhe ajudar com as operações da sua conta e lhe mostrar opções de investimento.
Ele deve ter pelo menos a certificação CPA-10 da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), o que significa que ele possui conhecimento sobre os investimentos para pessoas físicas.
Alguns possuem a certificação CPA-20 e estão preparados para atender clientes corporativos ou investidores com capital mais elevado. Certamente não é interesse do gerente que você cliente perca dinheiro, mas sendo ele um funcionário do banco, o objetivo principal é que a empresa onde trabalha tenha o maior lucro possível.

Então ao consultar o gerente sobre onde investir seu dinheiro, você estará perguntando a alguém que precisa cumprir metas de venda de produtos do banco, que tem total interesse em dar lucro ao banco e que vai lhe apresentar apenas os produtos da instituição onde trabalha.

Não entenda de forma alguma que o gerente está tentando lhe enganar, ele estará oferendo produtos legítimos, talvez até os melhores que o banco possa lhe oferecer no momento, mas dificilmente os melhores do mercado.
As opções oferecidas por ele certamente terão uma forte tendência de serem mais lucrativas para o banco do que para você.

onde investir?

Agente Autónomo de Investimentos

Estes profissionais são certificados pela Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD) através de uma prova de conhecimentos específicos sobre investimentos e esta certificação é obrigatória para que o Agente Autônomo de Investimentos (AAI) possa exercer suas atividades.

A função dos agentes é captar clientes, receber, registrar e transmitir ordens dos clientes para a corretora, além de fornecer informações sobre os produtos e serviços da mesma.

Os agentes então são pessoas com um bom conhecimento, que podem esclarecer suas dúvidas sobre os diversos tipos de investimentos disponíveis sem cobrar nada. Mas fique ciente de que ele não pode fazer recomendações ou análises de investimentos, devendo atuar apenas de forma educativa para lhe dar condições de tomar suas próprias decisões.

Uma limitação destes profissionais, imposta pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é que eles só podem representar uma única corretora (a não ser no caso de distribuição de cotas de fundos de investimentos).

Esta regra faz com que o agente fique limitado a oferecer apenas os produtos disponíveis na corretora para qual trabalha. A situação é um pouco melhor que no caso dos gerentes de banco, pois as corretoras costumam oferecer uma gama maior de produtos e de diversos bancos, mas ainda assim é importante estar ciente deste detalhe.

Um outro detalhe importante é que os agentes não recebem remuneração direto dos clientes e sim em forma de comissões pagas pela corretora de acordo com as movimentações feitas pelos clientes. Então, quanto mais você movimentar o dinheiro, mais comissões ele ganha.

O seu agente pode ser uma fonte muito boa de informações, mas fique sempre atento, verifique as oportunidades em mais de uma corretora e atenção para os conflitos de interesse.

Planejador Financeiro Pessoal

A certificação não é obrigatória mas certamente será mais seguro se você procurar um profissional certificado pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF), o qual concede uma certificação de nível internacional, chamada Certified Financial Planner CFP®.

Os profissionais com esta certificação estão preparados para analisar a situação financeira das pessoas e propor um planejamento adequado para que elas consigam atingir seus objetivos.

Além de conhecer as possibilidades de investimentos, estes profissionais precisam ter sólidos conhecimentos também sobre seguros, previdência complementar e gerenciamento de risco.

Um outro ponto positivo é que não basta passar nos exames para receber o título, o candidato precisa apresentar provas de que tem experiência de alguns anos atuando na área, o que reforça ainda mais a qualificação de quem é certificado.

Se você quer organizar sua vida financeira, estabelecendo metas e traçando planos adequados ao seu perfil de investidor, talvez seja o caso de pagar um planejador financeiro profissional para lhe ajudar. Como eles podem atuar de forma independente ou vinculado a uma instituição financeira, você deve ficar sempre atento a possíveis conflitos de interesse.

Autor de blog sobre investimentos

Os autores de blog podem ou não ter formação na área de economia, administração, finanças e demais áreas relacionadas de forma direta com o mercado financeiro. Em alguns casos são pessoas com formações diversas que em algum momento decidiram estudar investimentos para aplicar o próprio dinheiro e que depois de um tempo resolvem compartilhar este conhecimento para ajudar outras pessoas.

O ideal então é que você tenha alguns cuidados na hora de usar os blogs como fonte de informação, pois por mais abrangentes e imparciais que os autores tentem ser, é bem possível que exista um ou outro artigo que reflita a opinião pessoal ou a afinidade dos autores sobre os investimentos com os quais eles se sentem mais a vontade. Uma boa idéia então é tentar ler artigos sobre um mesmo assunto em mais de um blog, assim você estará menos exposto a opiniões tendenciosas e poderá tomar decisões com um melhor embasamento.

Autores de blog tendem a ser muito atenciosos e tentam responder a todas as perguntas realizadas a eles, mas a não ser que ele possua uma certificação e seja habilitado pela CVM para isso, ele não poderá lhe dizer exatamente onde investir seu dinheiro.

Na verdade, os autores geralmente assumem uma postura de educador financeiro com a missão de ensinar as pessoas a tomarem suas próprias decisões. Eles dificilmente estarão dispostos a lhe influenciar demais ou tomar a decisão por você sobre onde você deve investir.

Seu amigo investidor

Se você começa a falar sobre dinheiro e sua vontade de investir em uma reunião com os amigos, provavelmente vai encontrar alguém que já começou a estudar ou que até já realiza alguns investimentos.

É bem provável que esta pessoa esteja motivada e empolgada ao compartilhar os resultados com você, o que não é ruim, mas é muito importante lembrar que cada pessoa tem um perfil distinto, com tolerância ao risco e necessidades diferentes.

Antes de sair investindo em algum produto financeiro por que seu amigo contou que está dando ótimos resultados para ele, verifique se o rendimento, risco e o tempo em que o dinheiro precisa ficar investido são compatíveis com os seus objetivos.

Então ninguém pode me dizer onde investir?

Calma, existem sim profissionais que podem recomendar investimentos e até mesmo tomar as decisões e investir por você.

Analistas de valores mobiliários

Certificados pela Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC) e autorizados pela CVM para emitir relatórios de análise sobre valores mobiliários.

O analista não vai dizer diretamente pra você investir ou não em um determinado produto, mas pode fazer uma análise detalhada e com a opinião dele sobre qual atitude�?é mais indicada para este produto específico e ajudar outros profissionais ou você a tomar a decisão de como investir.

Consultores de valores mobiliários

Os consultores também são credenciados pela CVM e para isso devem cumprir algumas exigências relacionadas à experiência ou até mesmo possuírem certificação anterior como analista.

São profissionais que também estão preparados para ajudar as pessoas a escolher investimentos de acordo com seu perfil de investidor, mas com a diferença que que o consultor está autorizado a realizar recomendações diretas sobre quais investimentos a pessoa deve fazer.

Se você quer saber por exemplo quais ações deve comprar ou vender, o consultor pode lhe dar uma resposta objetiva e recomendar a compra ou venda de ações de uma determinada empresa.

Administradores de carteira

Estes profissionais são rigorosamente avaliados antes que possam ser autorizados pela CVM a desempenhar suas funções.
Precisam ter graduação de nível superior e alguns anos de experiência no mercado financeiro em atividade relacionada à gestão de carteiras.

O administrador está habilitado a tomar as decisões e realizar investimentos em seu lugar. Normalmente ele vai gerenciar o dinheiro de várias pessoas ao mesmo tempo e receber uma comissão pelo serviço, além de possíveis bônus relacionados à performance.

Se você não se importa em ceder parte do rendimento para não precisar tomar decisões, existem várias empresas e profissionais que podem administrar seu capital.

Conclusão:

Estudar investimentos e gerenciar o próprio dinheiro pode trazer vários benefícios. Além do conhecimento, você irá economizar em comissões e taxas de administração. Entretanto é uma atividade que requer dedicação de tempo e até mesmo de algum dinheiro para realizar cursos.

Ninguém conhece seus planos melhor do que você. Se você estudar e aprender como funcionam os investimentos, poderá selecionar com maior rapidez as opções com o resultado desejado e que sejam compatíveis com suas necessidades atuais e futuras.

Se você decidir consultar outras pessoas, pelo menos conheça o que cada profissional pode oferecer e esteja ciente dos conflitos de interesse envolvidos. Assim você poderá aproveitar da melhor maneira a informação conseguida.

Mesmo que você escolha deixar seu dinheiro ou decisões nas mãos de outras pessoas, procure se manter informado e peça explicações detalhadas sobre cada decisão. Afinal é o fruto do seu trabalho e provavelmente parte do seu futuro que está em jogo.

Veja Também

caderneta poupança Brasil

7 motivos para você deixar a caderneta de poupança. BRASIL

Não estou dizendo que você deve correr e tirar todo seu dinheiro da Poupança e ...